O Ministério do Trabalho lançou hoje um manual de boas práticas para igualdade de gênero no ambiente do trabalho.

O presente manual, elaborado por uma comissão constituída dos integrantes do Grupo de Trabalho de Gênero (GT-Gênero) da Coordenadoria Nacional de Promoção da Igualdade e Combate à Discriminação no Trabalho – COORDIGUALDADE, visa sugerir tanto para a iniciativa privada quanto para a Administração Pública algumas iniciativas aptas a melhorar a gestão institucional e organizacional, fomentando a igualdade de gênero e cuidando para a manutenção de um meio ambiente de trabalho hígido e saudável com redução de assédio moral e sexual.

O CAMP Oeste em mais de 35 anos vem trabalhando a empregabilidade de jovens na cidade de São Paulo e recentemente adicionou aos seus objetivos e justificativas a Agenda 2030, que são 17 objetivos para tornar o mundo um lugar mais igualitário, justo e sustentável.

O ODS 5 fala do objetivo de igualdade de gênero, acabar com quaisquer formas de discriminação contra todas as mulheres e meninas. Esse ODS fala também de empoderamento, onde pode ser colocado o empoderamento financeiro.

Segundo dados do IBGE, em 2014 as mulheres representavam mais de 51% da força de trabalho no Brasil, mas em contraponto, menos de 20% estão em cargos de liderança.

Dentro deste mercado as mulheres ainda esbarram em questões como salários menores para executar a mesma função de um homem e assédio.

E na sua empresa, existem boas práticas para promoção de igualdade de gênero?

CLIQUE AQUI E BAIXE O MANUEL DE BOAS PRÁTICAS PARA PROMOÇÃO DE IGUALDADE DE GÊNERO feito pelo Ministério do Trabalho.

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Close Panel