Engajar. A palavra tão sonhada dos gestores, afinal não se pode obter lucros e resultados sem uma equipe engajada, alinhada com as metas e que se sintam confortáveis no ambiente em que trabalham.

De nada adianta reunir os melhores profissionais do mercado, se não existe engajamento, provavelmente eles irão produzir menos do que são capazes. Cada gestor pode desenvolver métodos de pontuação, premiações, etc. Mas aqui vão 3 dicas para ajudar no engajamento da sua equipe.

Construa um bom ambiente de trabalho

O colaborador passa a maior parte do seu tempo no ambiente de trabalho, supondo uma carga diária de 8 horas e aproximadamente 1h e 30 minutos para ir e voltar do trabalho. Esse ambiente onde ele fica a maior parte do tempo também tem uma relação direta com o engajamento.

Esse ambiente deve ter acima de tudo respeito entre as gerações, respeitando a diversidade onde existe não somente a obrigação, mas um mútuo respeito entre os colaboradores.

Reconheça que cada colaborador tem outros objetivos após bater o ponto

Todos temos objetivos na carreira. Por mais que o colaborador tenha um plano de carreira dentro de uma determinada empresa, comece super engajado, os objetivos pessoais sempre o acompanharão e dividirão espaço com o plano de carreira.

Não existe mais a questão de se anular pelo trabalho, além de não fazer bem para a saúde mental, ninguém consegue viver 100% para a empresa (a menos que seja dono dela).

Facilitar essa “dança” harmoniosa entre a construção do legado individual e do legado corporativo. O reconhecimento moral é uma ótima opção: eu te entendo.

Crie objetivos + crie metas

Trace objetivos reais e que estejam claros para todos os colaboradores. Isso define uma direção em que todos devem remar e decide qual o papel de cada um nessa jornada. A elaboração dos objetivos deve ser bem pensada, pois é algo mais á longo prazo e, caso seja modificado diversas vezes, perde a credibilidade.

BÔNUS: Estabeleça também as metas, se foi o decidido que onde quer chegar, depois é hora de definir em quanto tempo, sem esquecer de demonstrar a vantagem de atingir tal objetivo.

Sempre demonstrando a importância de cada colaborador no processo, estabelecendo metas globais e por colaborador.

O engajamento parece simples,o correto é colocar o seu plano no papel e ajustar quando necessário. Você pode estar formando o seu chefe amanhã.

 

fonte: https://saiadolugar.com.br/6-dicas-para-engajar-sua-equipe/

 

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Close Panel